Corredora Ana Cláudia Lemos

A corredora Ana Cláudia Lemos competindo na modalidade de revezamento 4x100 metros, esteve presente nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, como reserva, e participou do Campeonato Mundial de Atletismo de 2009. Ela é a ex-recordista brasileira e sul-americana dos 100 m rasos e recordista dos 200 m rasos com 22s48, obtida no Troféu Brasil, em São Paulo, em 6 de agosto de 2011. Foi também semifinalista, tanto nos 100m quanto nos 200m, do Campeonato Mundial de Atletismo de 2011.

Integrou a delegação que disputou os Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara, no México, onde conquistou duas medalhas de ouro nos 200 m e no revezamento 4x100 m.

Em Londres 2012, participou da prova dos 200 metros, sendo eliminada na primeira fase. Depois, esteve no time brasileiro do revezamento 4x100m rasos feminino, composto por ela, Franciela Krasucki, Evelyn dos Santos e Rosângela Santos, que quebrou o recorde sul-americano nas eliminatórias da prova, com o tempo de 42s55, se classificando à final em sexto lugar. Na final, fizeram o tempo de 42s91, terminando em sétimo lugar.

No Mundial de Moscou 2013, o time composto por Ana Cláudia Lemos, Evelyn dos Santos, Franciela Krasucki e Rosângela Santos bateu o recorde sul-americano na semifinal dos 4x100m femininos, com a marca de 42s29. Porém, estranhamente e sem explicação oficial, a CBAT (Confederação Brasileira de Atletismo) realizou uma estranha mudança de atleta para a final, colocando Vanda Gomes (que nunca havia corrido o revezamento) no lugar de Rosângela Santos, para fechar a prova. Na final, o Brasil vinha em segundo lugar, quase empatado com a Jamaica e com grande possibilidade de ganhar a medalha de prata, e bater novamente o recorde sul-americano quando, na última troca de bastão, Vanda, que fora colocada "no fogo" numa final de Mundial e sem treinamento suficiente para receber o bastão, acabou deixando o mesmo cair.

Nos Jogos Pan-americanos de Toronto 2015, ela correu pela primeira vez os 100 m rasos abaixo dos 11s0, marcando 10s96 para a distância nas eliminatórias, mas os ventos a favor acima do permitido impediram a homologação da marca.

#TBT jogos Pan-Americanos Toronto 2015. Uma das minhas melhores corridas.🏃🏻‍♀️ #atleta#nike#nikerunning#atletismo 🅰️🆑

A post shared by Ana Claudia L SILVA🏃🏻‍♀️🙏🏼🇧🇷 (@aninhaclemos) on

Em 2017, no Campeonato Mundial de Atletismo disputado em Londres, integrou o revezamento 4x100 m que ficou em 7º lugar na final da prova.

 

0Shares

Comentários

comentários