As corredoras que ficaram em último após se ajudarem

Nem só as que conquistam medalhas são vencedoras.
Este ano nas olimpíadas tivemos a oportunidade de assistir um lindo momento de companheirismo.
Durante a prova dos 5 mil metros femininos, elas já haviam corrido mais de 3 mil metros quando a corredora americana Abbey D'Agostino esbarrou na corredora neozelandesa Nikki Hamblin. As duas acabaram caindo no chão da pista de corrida.


Ao perceberam a situação, as duas, machucadas, se ajudaram para conseguir chegar até a linha de chagada da prova.

A americana havia machucado seu tornozelo, e Gamblin ajudou ela chegar até o fim.
Após uma dramática chegada, um final de abraços, e o tornozelo estava apenas torcido. Ambas puderam competir nas finais.

Saber quando o momento é de competição e quando o momento é de se ajudar e de aceitar a ajuda são partes fundamentais da vida. Podemos aprender muito com o que vivenciamos com este episódio triste, mas muito bonito no esporte.
Meninas se ajudando mesmo quando deveriam estar competindo faz toda a diferença. Neste dia, estas foram as verdadeiras campeãs!

0Shares

Comentários

comentários